ATUALIDADES EM EXERCÍCIOS

1.  A questão ambiental entrou na agenda política do mundo contemporâneo. Governantes, cientistas e organizações não governamentais, independentemente das posições assumidas, buscam meios de aprofundar o conhecimento acerca do tema, como forma de subsidiar tomada de decisões no enfrentamento do problema. Da conferência de Estocolmo (1972), passando pelo Rio-92 e chegando à Rio +20, um princípio ecológico é abraçado por ambientalistas e sendo emblemático da luta pela preservação da vida, pode assim sintetizado:

A)      Aliar desenvolvimento econômico aos limites do planeta é desafio que diz respeito aos governos de países emergentes, fugindo da alçada dos demais Estados e atores sociais.

B)      A preservação de todas as formas de vida no planeta requer o imediato retorno às condições de produção existentes no mundo antes do Advento da revolução Industrial.

C)      A volta à agricultura de subsistência, com o abandono das práticas econômicas ditadas pelos mercados, é condição essencial para o fim das emissões de CO2 na atmosfera.

D)      Inexistentes no passado, os desastres naturais que atemorizam o mundo contemporâneo, a exemplo de terremotos e maremoto, estão diretamente ligados às atuais mudanças climáticas.

E)      A necessária adequação do sistema produtivo à capacidade de regeneração do planeta implica não consumir nem descartar mais produtos que a terra é capaz de suportar.

RESPOSTA 

2. A turbulência econômica que sacode os mercados mundiais desde 2008 mostra agora sua força na Europa. Iniciada com quase falência da Grécia, a crise expande-se e espalha desconfiança quanto à capacidade financeira de outros países, a exemplo de Espanha, Portugal, Irlanda e Itália. No que se refere às implicações desse quadro de instabilidade econômica, assinale a alternativa correta.

A)      Todos os dados hoje disponíveis indicam que o encaminhamento para a solução definitiva da atual crise culminará na dissolução da União Européia.

B)      A presente crise européia deixa claro não haver futuro para os blocos econômicos, regionais ou continentais, no atual cenário da globalização.

C)      Ao ferir profundamente a credibilidade do euro, a crise atinge a totalidade dos integrantes da União Européia, já que todos eles adotam a moeda comum do bloco.

D)      Para evitar o colapso da moeda comum, o acordo para salvar o euro envolve a adoção de medidas rígidas, assentadas no controle dos orçamentos.

E)      A pujança das economias alemã e francesa impede que haja algum tipo de conexão entre a atual crise da zona do euro e as demais regiões do mundo.

RESPOSTA

3. Difícil e complexo é o processo de construção da cidadania no Brasil. Até a Era Vargas, por exemplo, direitos sociais eram vistos pelos grupos dirigentes como caso de polícia. Após o aprendizado democrático a partir de 1946, o país mergulhou em novo ciclo autoritário, iniciado com o golpe de 1964. Recuperadas as liberdades democráticas, chegou-se à Constituição de 1988, que Guimarães definiu como “Constituição Cidadã”. Exemplo de afirmação do espírito de cidadania, que no Brasil contemporâneo busca concretizar, é o que administrativamente e legalmente se assegura nos seguintes termos:

A)      A universalização do acesso à educação básica, da educação infantil ao ensino médio, e à educação superior, graças ao fim do vestibular.

B)      A rapidez dos processos judiciais, possibilitada pelo fim dos inúmeros e intermináveis recursos que entravam a ação da justiça.

C)      A implantação dos sistemas de tratamento de água e esgotamento sanitário no conjunto dos municípios brasileiros, nas diversas regiões do país.

D)      A existência de um sistema único de saúde, financiado por recursos públicos e voltado para o atendimento de todos mediante pequena contribuição mensal.

E)      A igualdade de todos perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, expressa na inviolabilidade, entre outros, do direito à vida, à liberdade e à segurança.

RESPOSTA 

4. A Semana de Arte Moderna ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo, em 1922, tendo como objetivo mostrar as novas tendências artísticas que já vigoravam na Europa. Esta nova forma de expressão não foi compreendida pela elite paulista, que era influenciada pelas formas estéticas européias mais conservadoras. Em um período repleto de agitações, os intelectuais brasileiros se viram em um momento em que precisavam abandonar os valores estéticos antigos, ainda muito apreciados em nosso país, para dar lugar a um novo estilo completamente contrário, e do qual, não se sabia ao certo o rumo a ser seguido. Em 2012 faz 90 anos e ainda hoje os principais nomes são lembrados com reverência no mundo das artes, do cinema e também da literatura. Entre os principais nomes se encontram:

a)       Anita Malfatti, Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade.

b)       Mario Quintana, Vinicius de Moraes e Tom Jobin.

c)       Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Clarice Lispector.

d)       João Ulbado Ribeiro, Guimarães Rosa e Raquel de Queiróz

e)       Anita Malfatti, Mário de Andrade e Oswald de Andrade.

RESPOSTA 

About these ads

2 respostas em “ATUALIDADES EM EXERCÍCIOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s